Como Aumentar a Arrecadação de uma ONG por meio da Doação Gratuita

O nosso planeta precisa de heróis, e não apenas de alguns, nós precisamos de milhares ou até milhões deles para mudarmos a nossa realidade. E quem seriam esses heróis? A resposta é: pessoas que desenvolveram o hábito da doação para alguma ONG. Pois é!

Construir uma sociedade composta de pessoas que têm o hábito de doar constantemente é o caminho para revertermos os principais problemas que encontramos no mundo de hoje.

Mas como podemos difundir esse hábito se é tão difícil convencer alguém a colocar a mão no bolso para ajudar o próximo?

Bem, se a principal barreira para a realização de uma doação é o dinheiro, então precisamos retirá-la do processo para que as pessoas comecem a doar. Ou seja, precisamos criar um mecanismo que permita com que uma doação seja feita gratuitamente.

“Mas fazer uma doação sem gastar dinheiro é impossível!”

Se você pensou isso, vem comigo que eu vou te mostrar uma solução que tá aumentando a arrecadação de dezenas de ONGs ao conectá-las com novos doadores por meio da experiência de doação gratuita.

Só antes, vamos entender qual é a realidade do Brasil dentro do mercado de doação.


O mercado de doação para Ongs no Brasil

Indo para os números, a ONU apontou que um terço de toda a riqueza do Brasil está na mão dos 1% mais ricos. Por outro lado, segundo o IBGE, cerca de 6,5% da população brasileira se encontra em condição de extrema pobreza (com menos de R$ 145 por mês).

Além disso, outro número chocante diz respeito ao volume de doação em nosso país. De acordo com o Giving Report 2019 da Charities Aid Foundation, o volume de doação no Brasil está na casa dos 0,2% do PIB.

A critério de comparação, os EUA apresentam um volume de 1,4%, ou seja, sete vezes maior que o nosso.

Realmente esses são números preocupantes, mas que podem ser revertidos se houver uma mudança profunda de comportamento do brasileiro.

Instituto Pimp My Carroça
Graças ao envolvimento de 31.744 doadores da Ribon, o Pimp My Carroça arrecadou 710 rendas mínimas que foram distribuídas para catadores de resíduos recicláveis.


O hábito de doar como ferramenta para a mudança

Precisamos entender que a doação é mais do que uma simples distribuição de recursos, é um ato de empatia de um indivíduo para com o outro. Esse é ponto chave que precisa ser trabalhado, pois o recurso físico acaba, mas o sentimento de empatia bem desenvolvido tende a se transformar em ações recorrentes de doação, seja de dinheiro, tempo ou até mesmo afeto.

Dessa forma, a melhor maneira de criarmos um ecossistema de doação forte e duradouro é acessibilizando a simples experiência de doar para que, posteriormente, ela evolua para um hábito de doação.

Quando fazemos isso em escala, o resultado é uma comunidade de milhares de pessoas doando recorrentemente e gerando recursos suficientes para sustentar o trabalho feito por dezenas de ONGs e projetos sociais.

Mais de 257.962 pessoas já doaram pela Ribon.
Mais de 257.962 pessoas já fizeram alguma doação por meio da Ribon.


Mas como podemos possibilitar uma doação gratuita?

No Brasil, existem empresas, fundações e filantropos interessados em aquecer o mercado de doação local. Para atender a essa demanda, a Ribon oferece uma plataforma onde esses grandes doadores podem deixar o seu dinheiro de doação disponível para que milhares de pessoas possam ter a experiência de doá-lo.

Fazendo isso, essas instituições engajam um público muito maior na causa social que apoiam. Com o tempo, parte desse público acaba se envolvendo tanto com essa experiência que começa a colocar mais dinheiro do próprio bolso para somar à doação inicial. 

Segundo números reais da Ribon, o resultado desse processo é um aumento de até 60% no valor doado pelas instituições, o que significa mais recursos nas mãos das ONGs, e consequentemente, mais impacto positivo gerado por elas.

Projeto WFP Brasil
O WFP Brasil aumentou uma arrecadação em 39% por meio da Ribon.


E onde essas doações são feitas?

Todo esse processo de doação é feito na plataforma da Ribon que pode ser acessada por qualquer dispositivo eletrônico. 

Nessa plataforma, os usuários podem conhecer o trabalho das ONGs para onde estão doando, ver o impacto causado pelas suas doações, acompanhar o seu histórico como doador, e assinar pacotes de doação para aumentar o valor final destinado para as ONGs. Ou seja, a plataforma oferece uma experiência de doação completa para que seus usuários realmente desenvolvam o hábito de doar.

Atualmente, a Ribon conta com uma base de 15.000 usuários que fazem mais de 120.000 doações dentro da sua plataforma todos os meses. Desde sua implementação, a Ribon já aumentou os recursos de 22 ONGs no Brasil e no mundo, impactando diretamente a vida de mais de 160.000 pessoas. Nada mal né?


Quero ver minha ONG na Ribon!

Para entrar na Ribon, a ONG precisa já ter uma doação arrecadada para que os usuários da plataforma possam aumentá-la por meio das assinaturas. Tendo isso, basta preencher esse formulário e enviar para a curadoria da Ribon avaliar o trabalho da ONG. Se o trabalho cumprir todos os requisitos necessários, a equipe da Ribon retornará o contato para começar junto da ONG o processo de entrada na plataforma.

Agora, se você quer começar a desenvolver um hábito de doação na sua vida, é só fazer o seu login na plataforma da Ribon e começar a sua jornada como doador 🚀

Facebook
Twitter
LinkedIn

This Post Has 4 Comments

  1. AntonioPef

    Opções simples de doação Não é necessário realizar nenhum esforço de crowdfunding pelo Charity Navigator, portanto, o site é ideal para aqueles que querem retribuir com o mínimo de esforço. O recurso Giving Basket Cesta de Doações ajuda as pessoas a fazerem uma doação única ou doações recorrentes para a instituição beneficente que preferirem. Verificações e saldos para instituições beneficentes Para entender melhor como as doações estão sendo empregadas, os visitantes do site podem pesquisar mais de 9.000 instituições beneficentes diferentes e analisar as declarações de renda, pontuações de responsabilidade e transparência, e gráficos financeiros dessas instituições.

Leave a Reply